Lusa News Agency: Nova Rota da Seda chinesa deveria incluir Sines

“Devemos mostrar à China que na faixa e rota os comboios não terminam em Madrid, mas em Lisboa ou Sines”

Para o investigador Paulo Duarte, que se dedica à pesquisa acerca das relações da China com o mundo, a política “Uma Faixa, Uma Rota” a iniciativa chinesa visa projetar o país asiático como um ator internacional inclusivo e responsável, “credibilizar o regime chinês” e “dar trabalho às empresas e trabalhadores chineses”.

Add Comment